Jovem é preso por matar servidor público após 'calote' de R$ 800 por programa sexual em Alagoas

  • 03/04/2024
(Foto: Reprodução)
Homem de 57 anos foi esfaqueado e asfixiado em Rio Largo. Jovem confessou que os dois se conheceram em uma praia em Maceió, combinaram o programa, mas o valor não foi pago. Homem que matou servidor em AL foi preso em Branquinha Ascom/PC Um homem de 20 anos foi preso nesta quarta-feira (3) em Branquinha, interior de Alagoas, por matar um servidor público aposentado após ele se negar a pagar R$ 800 que tinha prometido por um programa sexual. Jorge Alves Pereira, de 57 anos, foi esfaqueado e asfixiado em sua própria casa. O jovem confessou o crime. Compartilhe no WhatsApp Compartilhe no Telegram O crime aconteceu em julho de 2023, em Rio Largo. Segundo a Polícia Civil, os dois se conheceram em uma praia em Maceió e o servidor ofereceu a quantia para que eles praticassem sexo. Após acertar o valor, que seria pago depois do programa, os dois passaram a noite juntos na casa da vítima, em Rio Largo. Em depoimento à polícia, o jovem disse que, ao amanhecer, o homem se negou a pagar o valor combinado. Ele ficou furioso e então pegou um facão que havia na residência e deu vários golpes Pereira. Participe do canal do g1 AL no WhatsApp 📲 O homem disse ainda que Pereira tentou se defender com as mãos, mas acabou caindo. Nesse momento, ele aproveitou para asfixiar a vítima com um lençol e um travesseiro. De acordo com a polícia, depois do crime o jovem ainda furtou objetos da casa do servidor e conseguiu encontrar os R$ 800 que a vítima havia prometido pelo programa. Veja os vídeos mais recentes do g1 AL Confira outras notícias da região no g1 AL

FONTE: https://g1.globo.com/al/alagoas/noticia/2024/04/03/jovem-preso-matar-servidor-publico-calote-r-800-programa-sexual-alagoas.ghtml


#Compartilhe

Aplicativos


Locutor no Ar

Peça Sua Música

No momento todos os nossos apresentadores estão offline, tente novamente mais tarde, obrigado!

Anunciantes